Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Assistência técnica e tecnologias orientadas pela Emater mudam vida de família em Capim

Notícias

Assistência técnica e tecnologias orientadas pela Emater mudam vida de família em Capim

A assistência técnica rural proporcionada pelo Governo do Estado, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), com recursos de R$ 2.400,00 provenientes do Programa Brasil Sem Miséria (BSM), mudaram a vida do agricultor familiar Cesariano Paulino da Silva, conhecido por “Vem-vem”, da comunidade Olho D’água, município de Capim, no Vale do Mamanguape.

Há três anos o agricultor procurou o escritório da Emater em Capim, solicitando a elaboração de projeto de avicultura. Elaborado, a solicitação foi encaminhada ao BSM, e com os recursos iniciou o criatório numa pequena área em redor de sua casa. Com parte dos recursos também começou o cultivo de hortaliças orgânicas pelo sistema de hidroponia, permitindo o uso de água. A instalação foi orientada pelo o técnico José Felix Faustino.

DSC_0166.JPGToda a renda para a manutenção da família o agricultor retira do quintal de sua casa, com uma área em torno de 50 metros de cumprimento por 20 de largura, onde também continua criando galinhas. Ele compra os frangos pelos sítios da redondeza e os engordam, inclusive aproveitando a sobra das hortaliças na alimentação dos animais.

Com o lucro das atividades avícolas e das hortaliças, Cesariano transformou sua casa de taipa em alvenaria e comprou moto para seu deslocamento. “Tudo isso foi conseguido com a orientação dos extensionistas da Emater”, comentou. A produção é comercializada na comunidade onde reside e na sede do município, como também a venda para outras cidades.

DSC_0168.JPGO projeto hidropônico é pequeno, com 95 pés de alface cultivados utilizando esse sistema hidropônico, implantado com a orientação dos extensionistas da Emater, empresa integrante da Gestão Unificada, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca. Também trabalha usando o sistema convencional.

Na horta também são cultivadas outras hortaliças como couve, tomate e coentro usando o sistema de rotatividade para nunca faltar produtos. O sistema de hidroponia tem muitas vantagens como economia de água e controle de pragas, o que garante um produto de melhor qualidade.

DSC_0178.JPGAlém do extensionista Osório Vieira, do escritório da Emater em Capim, o agricultor é acompanhado pelos extensionistas da Emater de Rio Tinto Ednete Freire, Eidy Simões, Lúcia Borges e Antonio Cavalcante. Por Mamanguape, tem Betânia Lima, tendo o acompanhamento da coordenadora regional Keyla Leal.

Visita de escolas - O trabalho de Cesariano atrai a visita de alunos de escolas de Capim, e de outros municípios para conheceram o cultivo hidropônico de hortaliças como forma de estimular a produção e o consumo de alimentos saudáveis.

DSC_0182.JPGAlém de conhecer a forma como é conduzido o cultivo hidropônico, em contatos com os agricultores familiares os alunos obtêm informações sobre o funcionamento do Programa de Alimentação Escolar (PAA), que faz a aquisição do alimento consumido nas escolas.

Os alunos ficam sabendo, por exemplo, a partir de depoimentos dos agricultores, a melhoria da renda familiar, com a política pública de aquisição da produção agrícola, bem como a importância na alimentação das famílias beneficiadas.

DSC_0171.JPGVantagens da hidroponia - Hidroponia é um cultivo limpo no qual a planta recebe apenas a água que necessita, na dose correta com sol, apoio e água arejada com nutrientes.

O baixo consumo de água, com a ocupação de pequenos espaços com estufa e o sistema removível são vantagens da hidroponia, que representa uma opção viável. Isso atende às exigências de alta qualidade, produtividade, mínimo desperdício de água e nutrientes (fertilizantes).

DSC_0191.JPGOutro benefício é a menor necessidade de controle fitossanitário, já que os produtos aplicados não sofrem lixiviação (extração ou solubilização dos constituintes químicos de uma rocha, mineral, solo) pela chuva, devido à proteção pela cobertura plástica, como outra vantagem.

Nas temperaturas mais elevadas o uso do ambiente protegido favorece o desenvolvimento das plantas encurtando o ciclo das espécies cultivadas, as quais ficam menos tempo expostas às condições bióticas e abióticas.

Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional