Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cultura > Iniciativa fomenta o hábito da leitura

Notícias

Iniciativa fomenta o hábito da leitura

Parcerias da Empresa Paraibana de Comunicação com instituições de ensino garantem acesso ao acervo literário da PB

por publicado: 10/09/2022 00h00 última modificação: 12/09/2022 09h52
Foto: Roberto Guedes Diretor de Mídia Impressa da EPC, William Costa (à esq.), na doação de obras da Editora A União para o acervo da biblioteca da Central de Aulas José Correia de Vasconcelos, em Areia, utilizada pelos estudantes do cursinho pré-Enem do professor Djail Santos (no centro)

Diretor de Mídia Impressa da EPC, William Costa (à esq.), na doação de obras da Editora A União para o acervo da biblioteca da Central de Aulas José Correia de Vasconcelos, em Areia, utilizada pelos estudantes do cursinho pré-Enem do professor Djail Santos (no centro)

por Joel Cavalcanti*

 

Uma parceria entre a Empresa Paraibana de Comunicação (EPC) e um projeto de extensão da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) garante a doação de livros que servirão aos estudantes de escolas públicas do Brejo paraibano na preparação para o Enem. A celebração da cooperação foi realizada na última quarta-feira (7), na Casa Museu Pedro Américo, em Areia, e contou com a presença do Diretor de Mídia Impressa da EPC, William Costa, e do professor Djail Santos, coordenador do cursinho localizado no Centro de Ciências Agrárias, no Campus II da UFPB.

São publicações que abrangem os temas da literatura, geografia e história da Paraíba e que renovam o acervo da biblioteca da Central de Aulas José Correia de Vasconcelos, utilizada pelos estudantes do cursinho pré-Enem. O projeto criado em 2005 é totalmente gratuito e proporciona aos jovens das comunidades populares de Areia, Remígio e municípios do entorno acesso a um ambiente adequado de estudo para os alunos do terceiro ano ou que já tenham concluído o Ensino Médio e que estejam pleiteando uma vaga em uma universidade pública ou faculdade particular do país.

“Tudo isso é uma grande contribuição com o projeto. Ao longo desses anos, nós temos diversos ex-alunos e que acessaram vaga na UEPB, UFCG, IFPB, UFPB nos diferentes campi do estado, e também na rede privada de ensino”, diz o engenheiro agrônomo Djail Santos, coordenador do cursinho há 17 anos. “Muitos estudantes que passaram pelo cursinho terminaram a graduação, conquistaram mestrado e doutorado e hoje estão atuando inclusive como professor de Universidade. É um motivo de satisfação para a gente ver que nossa missão de estender a Universidade para além de seus muros tem dado muitos frutos”, destaca ele.

Os títulos mais direcionados às necessidades da biblioteca são aqueles que são cobrados como leitura obrigatória e os que servem de apoio ao desenvolvimento crítico para a produção da redação do Enem. Estes parâmetros estão representados no catálogo diverso que é publicado pela Editora A União. “É muito satisfatório saber que o trabalho que estamos fazendo aqui começa a ter uma repercussão maior e tem um retorno para a sociedade paraibana. Uma das missões da EPC é contribuir com o desenvolvimento cultural da Paraíba através, por exemplo, da valorização dos seus escritores e escritoras. Nós estamos trabalhando muito na interiorização dessas ações culturais, seja lançando livros em cidades do interior, seja fazendo parcerias com fundações para levar as publicações da EPC a um número maior de paraibanos”, ressalta o jornalista, escritor, crítico de arte e literatura, William Costa.

Outras cooperações
Em breve, mas ainda sem data, será inaugurada na Escola Estadual Felinto Elísio, localizada no município de Belém (PB), uma revistoteca que contará com o acervo do Correio das Artes, suplemento literário do Jornal A União. Revista mais antiga em circulação no país, o Correio das Artes tem mais de 70 anos de publicação impressa ininterrupta e incentivará o acesso à literatura e ensaístas paraibanos, promovendo a leitura dos mais variados gêneros literários e possibilitando assim que os estudantes possam conhecer autores da literatura contemporânea local.

O espaço idealizado pelo professor Johniere Alves Ribeiro leva o nome de Revistoteca Jornalista William Costa e busca incentivar o acesso à literatura paraibana, promover a leitura dos mais variados gêneros literários e possibilitar que os estudantes possam conhecer autores contemporâneos do estado.

“Essa homenagem me deixou muito feliz. Nós já fizemos a doação oficial de vários exemplares do Correio das Artes e farei a doação de vários autores paraibanos que espontaneamente ofereceram seus livros para aumentar o acervo da biblioteca”, afirma William Costa, que foi por oito anos editor do suplemento cultural.

É a partir de pesquisas nos artigos, resenhas, reportagens, contos, poemas e entrevistas presentes no Correio das Artes que os estudantes passaram a ter contato direto com a produção literária da Paraíba. “Eu atribuo isso a consequência de um trabalho de interiorização que está sendo feito pela EPC. Estamos percebendo que várias pessoas e instituições estão se interessando em manter algum tipo de parceria conosco. Isso é muito positivo para a sociedade paraibana”, conclui o Diretor de Mídia Impressa da EPC.

*Matéria publicada originalmente na edição impressa de 10 de setembro de 2022.

registrado em: , ,

Av. Chesf - Distrito Industrial, 451. João Pessoa - PB. CEP 58082-010
CNPJ 09.366.790/0001-06